20 setembro 2009

Até nem sou grande admiradora do Feio

... mas a entrevista no "Alta Definição" foi de cortar a respiração.
"Se não for operado, tenho noção que não me safo."
"Fico com pena se não vir o meu filho mais novo crescer mais uns anos."
"Se não tivesse aquele monte de relatórios médicos, esquecia-me que tenho um cancro; estou óptimo. Aliás, ´tou cheio de fome."
"Ainda não digeri a morte da minha irmã." [E mais...]

8 comentários:

PAULO LONTRO disse...

É de cortar a respiração, e ainda por cima, nem imaginas como o entendo.
Acho no entanto que não me conseguiria expor como ele o fez.

Isandes disse...

Paulo, não é para todos, sem dúvida... O próprio entrevistador tava chocadote. Respeitinho pelo cancro, né? *

Jorge Rita disse...

Atitude positiva!
Tal e qual os touros, estas coisas encaram-se de frente!
Quem faz da comédia vida não pode perder o sorriso ao primeiro tropeção (Se não tivesse aquele monte de relatórios médicos, esquecia-me que tenho um cancro)

Rita disse...

Eu achei o mesmo, é incrivel como ele reage. beijinho!

Isandes disse...

Jorge, falar parece-me fácil. Ou não. Até falar é difícil neste caso...

Rita, *

Paulo disse...

Um assunto muito delicado sempre. E não é nada fácil falar dele, tanto em público como em privado.

PontoGi disse...

Eu simpatizo bastante com ele e sempre doi um dos meus humoristas de eleicao. Soube, a pouco, que tinha cancro. Tb fiquei chocada porque foi precisamente atraves de uma das suas entrevistas. Mais que chocada, admirada pela sua coragem de encarar as coisas de frente e reagir "tao bem".
bjo

Satine disse...

essa entrevista não vi.. mas já vi outras e sem duvida que esse senhor tem uma força inspiradora.. pessoas assim não mereciam ir embora mais cedo.

beijinho*