19 setembro 2009

Feiras Novas, a não perder. Mesmo.


Fui ontem pela segunda vez. Ainda dizem que os santos da casa não fazem milagres. Andei a pregar fora da freguesia a ver se coneguia dançar como deve de ser este Verão, e nicles. Foi preciso ir a Ponte de Lima para me abanar à séria. Obrigatório para quem nunca foi. Concertinadas com betos à maneira a dançar rancho em todo o canto e quina; tascas abertas porta sim, porta sim; um adro de igreja arrepiadinho de moços e moças a dançar quim barreiros, black eyed peas, o calimero foi ao rabinho à Maia, música tum tum tum, Ivete Sangalo... a loucura. E gente de bem, bem disposta, que olha nos olhos e que manda piropos saudáveis. Norte rules!

3 comentários:

Paulo disse...

São talvez as maiores festas do país. Pelo menos, é o que consta...

lídia disse...

ai que saudades... uma das minhas noites mais "alegres" foi aí!! hickp!


;) kisses

Isandes disse...

poij é! *