10 novembro 2008

Coca-Cola Killer

Algoz
Mesureiro
Abstrusa
Tugúrio
Atiladamente (com perspicácia; elegantemente)
Lépida (jovial, prazenteira)
Opróbio (vexame)
Contumaz
Soez (ordinária, estúpida)
Caviloso
Facécias
Onanismo (masturbação)
Objurgatória
Sevandija (imundo, vil)
Eflúvio

Estes são alguns dos vocábulos que já me obrigaram a folhear o dicionário gordo e laranja, à moda antiga, semi contrariada, semi motivada (se não pela curiosidade, pela intriga), e igualmente frustrada por não conseguir asseverar completamente o sentido deduzido contextualmente dessas e de outras palavras "dispendiosas"... Grrr....
Pois o sr.António Victorino d´Almeida tem um vasto dicionário de sinónimos que tornam as minhas leituras nocturnas um evento sofrível... Ando a ler o seu "Coca-Cola Killer", mas... não há pachorra! Acho que vou pelo Daniel Pennac e abandono o livro, dou-lhe desprezo. Já faltou mais. Foi um desabafo. Até sempre.
Só apresentei os significados mais giros...

6 comentários:

flá disse...

dass e algumas dessas palavras são feias pra burro...

Esse livro deveria trazer glossário. As idas ao dicionário devem quebrar bastante o ritmo.

Jorge Rita disse...

Pensei que o livro era uma diversão. Li boas apreciações sobre...
:)

Ianita disse...

Pois... assim tenho de concordar com o Rodrigues dos Santos, não há mesmo pachorra para este tipo de escritores que parecem que fazem de propósito para os leitores se sentirem burros! Que treta!

Boa sorte! :)

u João disse...

Olá! Não acho nada mal, a língua portuguesa é riquissima.
beijo

Isandes disse...

Pois, eu na consigo ler, ficar à nora k 1 significado e prosseguir...

PontoGi disse...

Muito feias mesmo!