26 junho 2010

inédito

A mãe de um miúdo de 7º a quem subimos um nível 2 para 3 de forma a poder transitar ficou indignada pelo filho não ter ficado retido...

3 comentários:

Flá disse...

e ainda no outro dia apanhei no balneário do ginásio uma conversa entre duas prof q até foram minhas colegas de turma a falar precisamente desse tema - o inflaccionamento das notas para que os meninos não fiquem retidos...

estamos a fabricar burros! país de ignorantes que vamos ter. estamos a alienar o património humano deste país. Se estamos hoje atrasados, de futuro vamos aprecer um a nação de atrasados mentais (era isto que eu deveria ter acrescentado à discussão caso tivesse metido a minha colherada, mas tinha que me vir embora).

E eu nem imagino o drama dessa mãe ao saber que o sistema de ensino compactua com uma situação dessas. ela sabe que assim está a produzir um nerd...

por acaso é uma situação que me angustia.. e nem sou mãe, n tenho para já planos para o ser, mas saber que daqui a 10, 15 ou 20 anos vou encarar em qualquer lugar gente ignorante e atrasada assim..

ianita disse...

O que começa a ser estranho é nós acharmos esta atitude estranha..

No meu tempo, os pais queriam que os filhos aprendessem. E, nem sempre com razão, apoiavam o professor como se de um deus se tratasse...

Hoje, os pais querem é que os filhos passem. E o professor é um badameco qualquer que ali anda.

Haver pais que dizem e sentem que o filho merecia ficar retido, restaura um bocadinho a minha fé na raça humana :)

Isandes disse...

(é k nem vou dizer k eu é k chamei o conselho de turma à atenção para a pertinência dum potencial recurso na sequência da retenção deste miúdo...)