23 abril 2009

mais outra

Ontem, numa feira do livro, eu a fazer as vezes de vendedêra:

Cliente, ó pró obeso, aproximando-se: Vou levar este.

Eu: Sim, sr. É corajoso; é gordinho. (pausa) euh, o livro. Escolheu um gordinho. Espesso!


[A narração é curta e acaba aqui, que foi a altura em que me atirei do 1º andar abaixo]

8 comentários:

Ianita disse...

LOL!!!

As coisas que nos saem sem querermos... :) Muito bom!!

Kisses

Anónimo disse...

Tento na língua, e pimenta.ehehehehehehehe
Se se visse em situação identica e inversa??? ...Ahhhh, é magrela....

lídia disse...

tenho tantas saudades de te ouvir falar! consigo imaginar cada uma destas frases ditas por ti...

Feira do Livro? ai, ai...
"o clube das encalhadas"

kiss from azores ;)

Rapariga do Batom Vermelho disse...

LOL

És uma tota!:P

*

Anónimo disse...

Que situação!!!!
Ficaste que nem um tomate?
E digo-te que não foste nada original em te atirares do 1º andar. Na semana passada uma aluna fez o mesmo. Hihihi

Beijinho
Adelaide

irre_place_able disse...

Faz-me lembrar uma certa saída minha sobre "umas ancas assim!!!"

Entendes que não foi por mal n entendes? :P

Kiss *

Flávia disse...

dasss e agora uma pessoa n pode dizer a palavra "gordinho" à frente de um gordo? que acontece? ele auto-destroi-se em 5 segundos? ele enfia-nos uma naifada no figado? ele tem um ataque de choro histérico e rebola no chão formando-se logo um circulo de olhares acusadores sobre vocês dois?

pior do que dizer "sim sr. é gordinho", é acrescentar a seguir "... o livro! gordinho, o livro..." tinhas medo de levar duas solhas dele logo a seguir? :DDD

Isandes disse...

lídia: saudade! bjão pra debaixo da ponte! (c. das Encalhadas há-de ser 1 clássico!)

Chamar alguém de magro é k não é ofensivo. k tempos estes...no further comments...

adeus