25 novembro 2008

Preocupações

A - Ó Ana, que tens na perna?
B - Dei uma queda (expressão alentejana) e magoei-me na perna.
(Por isso é que mancava, ou melhor, arrastava a perna enganchada num moço, de semblante carregadíssimo e com um bloco de gelo encostado à pernanga)
A - Estás bem? Precisas de ajuda?
C - Eh pá, agasalha-te, que inda constipas.*

* E quem, meus amigos, quem FUI que se preocupou com a perigossíssima pneumonia que podia apanhar a criatura numa situação em que tinha claramente as defesas baixas? Ahan...

5 comentários:

Jorge Rita disse...

É...as pessoas intelectualmente distraidas veem sempre um bocadinho mais à frente!
ehehehehehehe

u João disse...

Olá! Fica sempre bem o papel de boa samaritana :)
Um pormenor; só no alentejo é que que se diz: "dei uma queca" lollll
tou a brincar
beijo

Rita disse...

Hehe, não é para qualquer um! LOL

Isandes disse...

;)

Bruno Marques disse...

As mulheres têm essa infinita capacidade de ver muito para além dos problemas que se lhes deparam. Estão sempre mais à frente. E ainda bem para os homens...:)