01 outubro 2008

É inevitável ver o programa da Teresa Guilherme; toda a gente fala nele! Não sou excepção... Então, ontem ao ver aquela converseta recheada de perguntas altamente indiscretas, ilustradas com grandes planos alternados ora da delicada esposa, ora da sogra jeitosa do energúmeno, pus-me cá a pensar:
Até onde vai o Amor?
- Ele compreende que o nosso parceiro, com quem casámos e a quem prometemos acompanhar na saúde e na doença, etc, etc, nos anda a esconder o estado das suas finanças?
- Ele aceita que o nosso parceiro tenha contado aos seus amiguinhos viciados das cartas e das futeboladas suadas pormenores do nosso relacionamento sexual?
- Ele convive com a ideia que o nosso parceiro volta e meio pense na sua sogra (que é a nossa SANTA MÃEZINHA) em actividades pouco ortodoxas?
O Amor resiste à exposição e julgamento públicos, ao vexame moral, a uma nova visão de quem escolhemos para nos acompanhar ao longo da vida?

6 comentários:

Anónimo disse...

Eu não vi o programa. Vi a promoção do dito. Ouvi dizer que o senhor tem ideia igual á minha: A mãe da esposa dele é muita tão jeitosa(ou mais) que a filha!
Acerca do Amor...há tantas razões que são tão dificeis de perceber...

irre_place_able disse...

Blá blá blá... Whiskas Saquetas... Blá blá blá!

Aquilo é um casamento acabado... Todos temos os nossos segredos, e expor daquela maneira todos esses segredos da vida pessoal/íntima, na minha opinião, não há dinheiro que pague, pois defendo que a dignidade é algo incomprável!

Além de que, pode existir muito amor, mas há certas situações imperdoáveis, tais como descreverem as relações sexuais ao pormenor com a pessoa amada aos amigos... Tornou-se um herói por causa disso? Só se for um herói da m*rda e da badalhoquice!

É claro que só participam naquele programa, famílias que têm problemas, ou o programa perderia todo o seu interesse! As famílias saudáveis não arriscam a sua felicidade e bem estar por 250.000 € que pode vir convertido em nada...

Haja decência e dignidade, e por mais que odeie o programa, confesso que também o vejo, e cada vez me irrito mais de programa para programa!!

Peace! *

Romicas disse...

Será que alguma relação pode sobreviver a tanta barbaridade que se tem ouvido nesse programa da SIC? A falta de respeito, a falta de valores... e sei lá o que ainda poderá aparecer mais por aí...!

Ianita disse...

As pessoas sujeitam-se a tudo por dinheiro... e nós temos de aplacar o nosso desejo de sangue. O programa da Teresa Guilherme é a arena dos tempos modernos...

Isandes disse...

A questão é:
1) Ela já o conhecia assim e andava a fazer ouvidos moucos?
2) O facto das fragilidades do boy terem sido expostas publicamente afectará mais a relação do que se tal tivesse acontecido na intimidade do lar?
A esposa ia fazendo semblante de escandalizada, menina sensível e tal, mas o certo é k quis k ele continuasse a parada...

Paula disse...

Por dinheiro as pessoas (algumas) sujeitam-se a tudo...
Confesso que me deixa sem palavras por exemplo perguntas como pensa na sua sogra? resposta sim... e todos os familiares do concorrente por ser verdadeiro baterem palmas...
Daha
kiss
Paula